{​.​.​.​farpas e algodão}

by olivia:..

/
  • Streaming + Download

     

1.
02:08
2.
03:37
3.
05:14
4.
5.
02:31
6.
7.
8.

about

Distorção
Microfonia
Desamor
Polaroids da juventude

Boneco de vento Records (BNV), 2005.
BNV#003

credits

released January 28, 2005

olivia:..
Rodrigo Coelho
Denis Pontes
Val Waxman
Bruno Monteiro

Produzido por Val Waxman.
Gravado ao vivo no estúdio WM no verão de 2004/2005.
Mixado e masterizado na Toca do pombo por Val Waxman.
Blips, blops e barulhinhos por Waxman e Rodrigo.
Samplers e efeitos por Josias baratão.
Concepção gráfica por Art Vandelay.

Contato: interphonemail@gmail.com
Soundcloud BNV: soundcloud.com/boneco-de-vento-records

tags

license

all rights reserved

about

olivia:..

Banda de rock alternativo/noise/power pop da baixada fluminense.

contact / help

Contact olivia:..

Streaming and
Download help

Track Name: (...)
Não, não vou voltar
Compartilhar minha tristeza com você, não
Sei, cicatrizou
Mas meu amor virou pedra
E não quer te machucar
Mas por favor, não deixe de amar...

Leve daqui, suas estrelas e seu mar
Ponha no bolso, nossa história pra lembrar
Tira de mim, seu sorriso, sua paz
Mas não se esqueça
Esse amor não existe mais
Como nós dois, ele ficou pra trás...
Track Name: Eu
Eu não quero mais me perder
Pra ter que te encontrar e te tirar daí
Eu não posso mais pagar você
Aquilo tudo que eu te prometi

Eu sempre volto atrás no que eu digo
E sempre faço tudo que você quer
Eu sempre me escondo atrás de um sorriso
Mas não se importa
Porque você gosta assim...

Eu já te dei tudo que eu tenho
E você ainda quer mais
Mas pra ser sincero, tudo que tenho foi você quem deu
Se eu jogo fora as minhas lembranças
Eu reviro a lixeira...
Só pra te encontrar de novo

Só pra te encontrar...
Track Name: Sua vez
Alto em seu olhar
As nuvens me parece estar quietas
E o tempo sempre passa devagar
Cedo, nunca é tarde para sentir medo...
Me entrelaço ao te ver chorar

Enxugue esse rosto
Já não estou disposto a te ver chorar
Lamentando suas perdas...
E guarde essa lágrima
Dentro em seu peito
Que te deixo passar

Volte, esconda seus anseios mais sinceros
Tempo ao tempo e eles hão de ir
Longe, desfrute de momentos com si mesmo
Me sinto bem ao te ver feliz

Enxugue esse rosto
Já não estou disposto a te ver chorar
Lamentando suas perdas...
E guarde essa lágrima
Dentro em seu peito
Que te deixo passar

É a sua vez....
Track Name: Encontro ou não!?
Ele atravessou a rua, em passos bem largos
Ele acendeu o cigarro
Talvez só para lhe impressionar...
Ela não sabe, mas talvez ele esteja mentindo
Ela não sabe, mas talvez ele esteja faltando
Com um amor igual ao dela...

Ela arrumou o cabelo, enquanto sonhava
Escolheu um vestido vermelho
E conversou com o espelho
Ela não sabe, mas talvez ele esteja mentindo
Ela não sabe, mas talvez ele esteja faltando
Com um amor igual ao dela...

Eu fecho os olhos e você vem me acordar
Se o dia amanheceu, então porque não tentar?
Se o tempo se fechou e você não está mais aqui
Então o que será de mim?
Track Name: Dentaduras
Ela sorriu
Talvez não quis chamar muita atenção
Se escondendo em pensamentos sujos
Por favor, não fala disso não...
Mas falei, chamei sua atenção
Perguntei, implorei por uma explicação
Mas ela não quis me dar resposta não

Aonde você mora?
Quero te levar embora
Não há razão para mentir pra mim
Quem é você agora?
Me responda ou vá embora
Não há razão para fingir pra mim

Quem vai te socorrer, quando ele fechar a porta?
E pra quem vai sorrir, quando eu não estiver aqui?
Track Name: Última chance
Vá, feche a porta
Mesmo que não se lembre mais
O passado existiu pra nós dois
E esse mesmo não lhe deixa olhar pra trás
Tranque o seu coração
Tente ser o que você nunca foi
Jogue fora e se arrependa depois
O por quê de não ter evitado

E quando você lembrar de mim
Eu não vou mais estar te esperando
E quando eu te encontrar, eu vou ver
O seu rosto (eu vou ver)
O seu corpo (eu vou ver)
Os seus dentes (eu vou ver)
Os seus olhos olharem pra mim
Track Name: Fábrica de coração
Volte já pra perto de mim
Aqui está a sua velha casa
Você já é tudo que eu pensei
E sem você triste eu estarei

Nunca mais eu fui o mesmo
Quando longe de você...
Sei que é só o começo
E esse é o preço da minha solidão
Volto a pensar em tudo que passou
Não quero mais lembrar
Por medo de sentir dor
Ter que ser assim não é pretensão
Sei que você propôs fabricar meu coração

Nunca valeu a pena ter que lhe deixar
E dar início ao fim
A sorte é minha
Eu sou um velho só
Na minha cama estão os meus sujos lençóis
Leve-me embora...
Porque já não está aqui o meu coração
Track Name: Cortinas fechadas
Sem explicação, procuro entender
O que aconteceu, pois sempre me culpei
Em lhe tratar assim, não foi opção
Mesmo sem saber, espero que tenha razão

Sente-se mais aqui perto de mim
Vem me traz, algo pra lembrar
De como é bom estar contigo
Em ser feliz, ser seu amigo...
E como é triste a solidão

Amanhã, talvez, eu nunca saberei
O que se passa com você
Quando aqui já se passou (sem eu ver)
Terminar assim, sem chegar ao fim
Mas eu torço por você
Mesmo sem lhe dizer...